Uma decisão judicial vai favorecer funcionários que prestavam serviço para a ANFER ENGENHARIA. Seis trabalhadores da empresa Morais Sanches e Fontes Construções e Serviços LTDA-ME, terceirizada da ANFER, procuraram o SINTICOP-MS para reclamar atraso de salário, férias, horas-extras. Além disso, a empresa não estava depositando o FGTS.

 

Imediatamente, o departamento jurídico do SINTICOP-MS, por meio do advogado Dênis Ricarte Granja, entrou com uma ação na justiça.

 

O resultado é que cada um dos seis trabalhadores vai receber cerca de R$ 12 mil de indenização. “A empresa ANFER assumiu o pagamento já que ela foi responsável subsidiária na contratação dos funcionários por terceirizar o serviço”, explica o advogado Dênis Ricarte.

 

Um dos trabalhadores beneficiados é o pedreiro Joel Rodrigues da Conceição. “Agradeço ao SINTICOP-MS pelo que fez por todos nós. Desde o início, o Sindicato nos deu total atenção e ajudou a gente a conquistar nossos benefícios. Sem o Sindicato, a gente iria sair da empresa com as mãos abanando”, afirma Joel.